Instalando e Configurando o Windows Server 2008 Core

13/05/2009

Para instalar a versão Core do Windows Server 2008, basta selecionar esta opção, é muito simples e nenhuma diferença notável neste processo merece destaque.

Senha administrator do Server Core:
Após a instalação da versão core ao contrario da versão com interface que solicita que o ADMINISTRATOR cadastre uma senha, o Server core já pede que o administrador digite uma, me parece ser um bug presente antes do lançamento da versão R2 onde acredito que seja corrigida, basta colocar o usuario como “administrator” (sem aspas) e manter a senha em branco, ele irá solicitar a mudança de senhas, deixe a senha atual em branco novamente, coloque e confirme a nova senha, pronto! senha de administrator local cadastrada.

Após este passo, sera exibido o prompt de comando

C:\>_

Para verificar as permições de seu usuário digite:

Whoami
Whoami /groups

Para verificar diversas informações como o nome do micro:

set

Para alterar o nome da máquina:

Netdom renamecomputer NOME /NewName:NOVONOME

Onde NOME e NOVONOME referem-se ao antigo e o novo nome do server.

Para colocar um IPv4 estático:

Netsh interface ipv4 set address name=”local area connection” source=static address=192.168.0.2 mask=255.255.255.0 gateway=192.168.0.1

Você deve substituir o nome da conexão e os endereços de acordo com seu server.

Para colocar um servidor DNS:

Netsh interface ip set dns “local area connection” static 192.168.0.10 primary

É muito importante reiniciar o micro após estas modificações

shutdown -r

Use agora o ipconfig/all para visualizar se as mudanças foram feitas corretamente.

Como colocar o Windows Server 2008 Core em um dominio:

Netdom join NOMEDOMICRO /domain:NOMEDODOMINIO /userd:Administrator /passwordD:*

Ele irá pedir a senha de administrator, digite e pressione enter.

Após esta modificação novamente é muito importante reiniciar o micro.

shutdown -r

Continua no próximo episódio…

Anúncios

Windows Server 2008 Core

13/05/2009

A versão Core do Windows Server 2008 esta presente nas versões Standart, Enterprise e Datacenter, é uma versão com as funcionabilidades SERVER do windows sem interface gráfica e por este motivo usando menos recursos de hardware.

Pode ser administrada localmente por linhas de comando e remotamente com a Área de Trabalho Remota, também podemos usar o MMC (Microsoft Management Console) para a administração.

Com a versão Core temos os seguintes serviços disponíveis:

Serviços de Domínio do Active Directory
AD LDS (Active Directory Lightweight Directory Services)
Servidor DHCP
Servidor DNS
Serviços de Arquivo
Servidor de Impressão
Serviços de Fluxo de Mídia

Os seguintes recursos opcionais também são suportados:

Microsoft Cluster Failover
Balanceamento de Carga em Rede
Subsistema para Aplicativos baseados em UNIX
Backup do Windows
Multipath I/O
Gerenciamento de Armazenamento Removível
Encriptação de Unidade Bitlocker do Windows
Protocolo SNMP
WINS (Windows Internet Naming Service)
Cliente Telnet
QoS (Quality of Service)
(Fonte: http://www.microsoft.com/brasil)

Windows Seven

29/04/2009

Hoje completa duas semanas que estou com o Windows 7 instalado no host de meu computador, usei por algum tempo em uma máquina virtual, e como gostei do mesmo, resolvi sair do XP e começar a usar o Seven.

– Surpreendido com o uso de memória do mesmo, apesar de assim como o vista ter os recursos do AERO, o vista usa em torno de 1gb de ram de meu pc somente por estar ligado sem nenhum aplicativo extra aberto, enquanto o Seven usou 504mb.

– Assim como o Steve Balmer queria que fosse, o sistema é leve e estavel, tudo bem que só fiz uso doméstico e não me utilizei de nenhum aplicativo realmente pesado para ele.

– A versão beta que tenho é em ingles, não tive nenhum problema com o mesmo até o momento, o visual é bonito e como diversos testes já divulgados em outros sites, ele ganha tanto do XP como do vista em diversos testes de desempenho.

– A versão do Windows Seven RC (Release Candidate) não está disponivel ainda pelo site da microsoft porém já vazou pelos torrent’s da vida.

Baixe agora o Windows Seven Beta:

http://www.microsoft.com/windows/windows-7/beta-download.aspx

Consiga um serial junto a microsoft até agosto de 2009:

http://technet.microsoft.com/en-us/evalcenter/dd353205.aspx

Tutorial – HTML parte 2

04/12/2008

As TAGs

Agora que já aprendemos como criar uma simples página e visualizar em um browser, vamos conhecer e testar as demais Tag’s existentes, você pode manter o bloco de notas aberto e clicar em salvar a cada modificação, assim cada alteração no bloco de notas realizada e salva, atualize seu browser e veja o que mudou, é a melhor forma de entender a função de cada comando.

<html> e </html>
Tag a qual deve estar presente no início e no fim de todo documento HTML


<head> e </head>
Início e fim do cabeçalho


<title> e </title>
Título que será exibido na “barra de títulos” do browser


<body> e </body>
Indica o começo e fim de sua página propriamente dita, o corpo da página.

Exemplo:

bgcolor: Cor de fundo da página (hexadecimal)

<body bgcolor=”#45DDFF”%gt;

background: Define uma figura como plano de fundo da página

<body background=”nome_da_imagem.jog”%gt;

Text: Define a cor padrão do texto de sua página
Link: Define a cor dos links não visitados
Vlink: Define a cor dos links visitados
Alink: Define a cor dos links ativos, enquanto clicamos nele.

<body bgcolor=”#000000″ text=”#ffffff” link=”#ffff33″ alink=”ffffcc” vlink=”ffff00″>


<h1>,<h2>,<h3>,<h4>,<h5>,<h6>
Formatações de texto para cabeçalho 

Código:

<h1> Texto </h1>
<h2> Texto </h2>
<h3> Texto </h3>
<h4> Texto </h4>
<h5> Texto </h5>
<h6> Texto </h6>


 <font> e </font>
Usado para alterar a cor, o tipo e o tamanho da fonte

<font size=”5″> altera o tamanho da fonte
<font face=”verdana”> altera o tipo da fonte
<font color=”#1DAACC”> Altera a cor (hexadecimal)

<font color=”33dd33″ face=”verdana” size=”5″&gtTexto
</font>


 <p> e </p>
Cria um novo parágrafo

Código:
<p> Parágrafo 1</p><p>Parágrafo 2</p>

Resultado:
Parágrafo 1

Parágrafo 2


<br/>
Esta tag não possui um par, ela força uma quebra de linha em um parágrafo, diferente da tag <p> que cria um novo parágrafo

Código:
Força a <br/> quebra de linha em um parágrafo

Resultado:
Força a
quebra de linha em um parágrafo


<img/>
Tag usada para inserir imagens em sua página

Atributos:
src – caminho da figura
alt – descrição da figura
border – borda da figura (opcional)

Exemplo:
<img src=”nome_da_figura.jpg” alt=”Descrição da imagem” border=”1″ />

 

Nokia N97

04/12/2008

A Nokia anunciou em 02/12/2008 seu novo celular Nseries o N97, como principais mudanças temos a tela sensível ao toque e o Teclado Qwerty, o qual é deslizante e fica totalmente escondido abaixo do visor.

Mais algumas características:
Tela de 3,5 polegadas sensível ao toque, 32 GB de memória interna com slot para até 16 GB, câmera de 5 megapixels com lentes Carl Zeiss, A-GPS.

Na minha opnião, este concorrente para o iPHONE só tem 1 defeito: o tempo que irá demorar para chegar as lojas…
N97

Tutorial – HTML parte 1

03/12/2008

São incontáveis os tutoriais existentes de HTML pela Web, e este não trará novas ferramentas mais sim uma nova forma de se abordar o assunto, de maneira clara e de fácil assimilação. Confira agora.

HTML (HyperText Markup Language – Linguagem de Formatação de Hipertexto)

O HTML é a linguagem de formatação para construção de páginas, em geral todas as páginas fazem uso dela e também de outras linguagens simultaneamente.

HTML é uma linguagem de formatação e não de programação!

As Tags

Os elementos HTML são apresentados como tags, as quais se apresentam dentro dos sinais de “menor e maior” conforme o exemplo:

<tag>

A maioria das tag’s possui 1 par que “fecha” a região de formatação, veja o exemplo:

<tag> Texto a ser formatado </tag>

Vamos Começar

Nenhum programa especial é necessário para o HTML, basta um editor simples de texto como o notepad do windows para começarmos.

Toda página HTML começa da seguinte maneira:

<HTML>
<HEAD> </HEAD>
<BODY>
</BODY>
</HTML>

Onde:

<html> indica que vamos usar esta linguagem deste ponto em diante
</html>indica que não mais vamos usar esta linguagem deste ponto em diante

<head> indica que tudo que estiver dentro deste ponto até </head> faz parte do cabeçalho da página

<body> indica que tudo que estiver dentro deste ponto até </body> faz parte do corpo da página

 

Sem embromações, vamos logo aos execícios para entender, crie uma pasta no desktop de seu computador com o nome Site, abra o bloco de notas e digite:

<HTML>
<HEAD> <TITLE> TITULO DA PÁGINA</TITLE></HEAD>
<BODY>
<H1> Sua Primeira Página da Web </H1>
<H4> Esta é sua primeira página da web! </H4>
</BODY>
</HTML>

Agora Clique em Salvar Como selecione a pasta Site que você criou no desktop e na caixa Nome do arquivo: digite index.htm e na caixa Salvar como tipo: selecione Todos os Arquivos e clique em Salvar

Dentro da pasta Site no seu desktop o arquivo index.htm foi criado, duplo clique nele e seu browser (internet Explorer, Firefox, Crome, Opera, etc…) irá abrir e agora você pode visualizar sua primeira página, ver o resultado e entender melhor o que estamos falando.

Vamos analisar um pouco as novas tag’s usadas:

<TITLE> TITULO DA PÁGINA</TITLE> => Coloca um título na barra de títulos do Browser

<H1> <H2> … <H6> São tag’s para texto pré formatadas onde H1 é a maior usada para títulos, H2, h3 para subtítulos e assim por diante decrescendo.

Existem muitas outras tag’s, que serão apresentadas pouco a pouco nos próximos tutoriais.

Até breve!

Confira também:Tutorial HTML – parte 2

Melhorando a posição nos Buscadores

02/12/2008

Os buscadores estão cada vez mais “inteligentes”, (SEO – Search Engine Optmization), são capazes de trazer exatamente (quase sempre) o que procuramos, porém ainda são meras máquinas e para que nossa página seja encontrada pelos que procuram, devemos entender a matemática dos buscadores.

Para que uma página seja “bem colocada” em uma pesquisa nos diversos buscadores existentes, devemos enquadrar nosso site nos quesitos que o buscador irá analisar.

Escolhendo o Domínio da Página

Começando pelo básico, o domínio é de vital importância para sua página, 99% das pessoas colocariam em um site para uma empresa chamada “RASDEN” (nome fictício) http://www.rasden.com.br, porém se está empresa desenvolve em php, o que o dominio estaria ajudando nas buscas? Logo seria mais adequado o registro de 2 domínios:

1º – Nome da Empresa
http://www.rasden.com.br
2º – Domínio Descritivo
http://www.phpweb.com.br
ou
http://www.desenvolvephp.com.br
ou
http://www.phpsites.com.br
etc…

Os dominios devem ser redirecionados para o mesmo host, assim uma vez atualizado ambos os links serão atualizados.

Caso um único domínio atenda as 2 solicitações, ótimo.

Escrevendo o HTML corretamente

Acredito que todos ao começar a explorar o HTML começando pelas conhecidas lições “OLÁ MUNDO”, fazem a seguinte pergunta:

Para que tantas tag’s (h1, h2, h3, p, etc…) se poderiamos ter uma unica tag universal e formatar a mesma?

Não vou me aprofundar neste tema (web standarts), pois além da vantagem na atualização de seu site, por exemplo mudar a cor de todos os titulos h1 presentes no site em segundos, os buscadores reconhecem as tags e sabem diferenciar uma tag h1 sabendo que é um título ou uma h3 como subtítulo etc…
Se contruirmos o site com todos os textos da seguinte forma:

font color=”#00ffcc” size=”6″

Isto irá dificultar e muito a identificação da mesma pelo buscador, porém não exagere, o objetivo e colocar cada tag em seu lugar apropriado, assim como negrito e outras opções de formatação, encher sua página de formatações como todos os textos em h1 só irá dificultar a localização de sua página pelos sistemas de busca, vale o bom senso.

As imagens e os Buscadores

Os buscadores relacionam imagens as buscas de duas formas:

  • Nome da figura
  • Descrição da mesma

Portanto coloque nomes pertinentes na sua figura e faça uso das tags alt e title sempre.

img src=”http://site.com/nome_pertinente.jpg”
height=”70″ width=”70″ alt=”Descrição” title=”Descrição”

Divulgue seu site

Quanto mais páginas apontam para a sua, melhor!

Portanto divulgue sua página, porém novamente tenha bom senso, se seu site fala sobre carros, não faz sentido ser apontado por sites de moda feminina…

E finalmente…

Agora alimente seu site! Tenha conteudo e organização, diferencie-se!
Estas dicas ajudam e muito, mas só isto não basta, mãos a obra!

Google

Renato Rix Geronimo – Blog

02/12/2008

Inauguração do blog para difundir conhecimentos e programas, sei que já existem vários com este tema e a pergunta é inevitável…

Vamos ser só mais 1?

 A resposta? Descobriremos juntos.

 Sejam Bem Vindos!